Olá, amigos!

Esta é uma análise astrológica dedicada a quem nasceu nos anos 60, mais especificamente entre os anos de 1963 a 69, que tem a conjunção de Urano e Plutão em seu mapa natal, no signo de Virgem. Mas estas reflexões são importantes para todos!

A geração que nasceu naqueles anos têm uma necessidade imperiosa por mudança, como se vivessem uma revolução permanente dentro de si mesmos. No coletivo, alguns deles podem se tornar ícones de mudanças importantes ou mesmo criá-las.

A década de 60 dispensa apresentações. Período fértil e revolucionário, com muitos movimentos sociais, lutas pelos direitos civis, especialmente das minorias, como negros e homossexuais. Grandes transformações (Plutão-Urano) ocorreram a partir de coisas pequenas (Virgem):

O feminismo teve seu grande boom com o advento da pílula anticoncepcional. A informática avançou graças à criação do chip de sílica, que propiciou grandes conquistas tecnológicas. Os hippies, contrários à Guerra Fria e Guerra do Vietnam, criaram o movimento “Flower-power” e deram início à Contracultura. Diversas revoluções aconteceram na America Latina, além de golpes militares em vários países.

O Rock’n’Roll ganhou o mundo com os Beatles e os Rolling Stones, e surgiram também outros artistas viscerais como Janis Joplin, Jimi Hendrix e Bob Dylan, entre muitos outros. Até a Igreja Católica passou por uma grande revolução, com o Concílio Vaticano II. No Brasil, foram os anos tenebrosos da ditadura militar e seus nefastos Atos Constitucionais. Todas essas transformações profundas, especialmente na mentalidade e no pensamento coletivos, são expressões de Urano e Plutão.

A geração que nasceu naquela época foi protagonista do movimento Punk dos anos 80. Além disso, é uma geração que apresenta abordagens singulares e engenhosas na indústria, ciência, tecnologia, relações de trabalho, ecologia e saúde.

São essas pessoas que chegam ao poder agora, pressionadas a expressar e manifestar os potenciais de transformação indicados por Urano e Plutão. Os ideais lançados naqueles anos 60 enfrentam agora grandes testes e questionamentos, sendo a democracia um dos principais desses ideais. Essa geração deve suportar o impacto do árduo trabalho necessário para a regeneração da civilização humana, preparando a para a nova era de Aquário, regida por Urano.

OPOSIÇÃO DE NETUNO
Mas por que estou a falar de tudo isso? Por que toda essa geração vive um trânsito astrológico importante nos tempos atuais. Netuno segue hoje poderoso em Peixes, seu domicílio, e faz oposição a Urano e Plutão no mapa natal de todas essas pessoas.

Os trânsitos de Netuno duram em média 3 anos (é difícil colocar uma data limite, pois é um planeta lento). O grande papel de Netuno é dissolver o ego e nos empurrar para o Amor Universal. Aprender a soltar o controle do ego, confiar. É assim: quanto mais queremos controlar as coisas (situações e pessoas), mais sofremos. Quanto mais soltamos, deixamos fluir, mais harmoniosamente vivemos. É um paradoxo. Muitos mestres ensinam: “Para desenvolver o poder de controlar seu destino é necessário perder seu controle sobre as coisas e soltar completamente.”

Quem nasceu nos anos de 63 e 64 já chega ao fim deste trânsito.
Quem nasceu em 65 e 66 está passando por ele.
Quem nasceu em 67 e 68 está começando a viver o trânsito.
Quem nasceu em 69 pode aguardar os próximos 3 a 4 anos.

Pretendo aqui aprofundar o estudo deste trânsito. Mas para conhecer a maneira que essa oposição de Netuno a Urano e Plutão natal se expressa no mapa de cada um é preciso estudar as casas onde estão posicionados, os aspectos que fazem com o resto dos planetas e pontos significativos do mapa. A força deste trânsito na pessoa tem a ver também com o seu grau de consciência.

De qualquer forma, é um trânsito que inspira uma nova dimensão espiritual. Provoca uma renovação de valores, idéias e direcionamentos. Uma revolução na consciência. Muitos podem desenvolver mais interesse para o ocultismo, a metafísica, a astrologia e a magia. Até mesmo envolver-se com grupos extremamente idealistas ou radicais, ou com movimentos que se dedicam à indução de estados alterados de consciência, através de drogas ou meditação.

É importante desenvolver novas formas de compreensão para a vida. Antigas maneiras de pensar tornam-se ultrapassadas. Mudanças psicológicas podem gerar instabilidade, por isso é preciso cultivar flexibilidade para fluir com as mudanças. Muitos poderão lidar com períodos de confusão, dúvidas e insegurança. A melhor forma de agir será não fazer nada, apenas esperar que as situações se definam. Eis o aprendizado: confiar.

Melhor reduzir ao mínimo compromissos a longo prazo, pois a consciência em mutação tornará difícil mantê-los. Se antigas metas perderem o sentido, é porque tinha de ser. Novas metas podem surgir, mais adequadas ao novo estado de espírito. Essa revolução de idéias e de consciência é fundamental, é preciso deixar que ela siga seu curso.

Costumes e crenças devem ser renovados. Velhas pessoas e circunstâncias podem ficar para trás, desaparecer. Esse trânsito pode revelar aspectos da vida que antes eram negados, escondidos ou negligenciados. Compulsões psicológicas, por exemplo, que devem ser enfrentadas sem demora. Cresce espiritualmente quem estiver disposto a encará-las.

Mais sintomas e indicações para o trânsito:
– Desenvolver os dons artísticos.
– Observar as projeções, analisar em si mesmo o que lhe incomoda nos outros.
– Ficar atento para a intuição e a inspiração e todo tipo de mediunidade.
– Tomar cuidado com o fanatismo e as crenças negativas.
– Caso sinta confusão emocional e psíquica, intranquilidade, ou mesmo paranoia (não quer dizer que todos devam sentir tudo isso) , buscar ajuda e terapias. Tudo é para o desenvolvimento da inteligência emocional. Transtornos não tratados podem levar à loucura.
– Mudança de religião ou ideologia.
– Mais sensibilidade, sonhos, premonição. Uso da sensibilidade para a exploração ou elucidação de assuntos nebulosos, difíceis ou misteriosos.
– Força magnética de efeito curador, inclusive a distância.
– Magnetismo pessoal, ar de mistério e fascínio.
– Vontade de intervir, mudar, revolucionar. O grande aprendizado é fazer tudo isso com AMOR.

Aproveito pra deixar 2 recados importantes: 

  • Estou em Portugal pra palestras, workshops e atendimentos até 12/11. A programação inclui Lisboa, Aveiro, Porto, Leiria e Açores. Quem estiver interessado pode ver todos os detalhes aqui.
  • Programarmos um retiro nas montanhas do sul de Minas para o feriado de 15/11. Vamos pra uma pousada no Pico dos Cabritos, em Extrema/MG pra meditações xamânicas, leitura de mapas, vivências com tarô, cristais e alimentação detox. Vejam todos os detalhes aqui.

Sejamos felizes!

Marcelo Dalla
Formado em Comunicação pela ECA – USP.
Estuda astrologia há 30 anos e atua profissionalmente como astrólogo no Brasil e em Portugal há 10 anos.
Especializado em Astrologia Cármica, Terapeuta Florais de Bach e Xamanismo. Artista gráfico e criador de mandalas.
Publicou em Portugal os livros MANDALAS MÁGICAS e MANDALAS SIGNOS DO ZODÍACO, ambos pela editora Verso de Kapa.
Mantém uma coluna diária de astrologia no portal ASTROCLICK e coluna semanal no site
www.marcelodalla.com

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA