Olá, amigos!

Sempre que ocorre um eclipse, percebo grande interesse das pessoas pelas interpretações astrológicas. Por isso decidi escrever este artigo genérico, que serve pra todos eles. Para leigos e estudantes de Astrologia.

Todos os anos acorrem 4 eclipses: 2 solares e 2 lunares. O eclipse solar acontece com a Lua nova e o eclipse lunar acontece na Lua cheia. Um sempre vem em seguida do outro.

Em 2017 já ocorreram 2 eclipses, teremos mais 2 em agosto:
ECLIPSE LUNAR – 10/02 em Leão
ECLIPSE SOLAR – 26/02 em Peixes
ECLIPSE LUNAR – 07/08 em Aquário
ECLIPSE SOLAR – 21/08 em Leão

A Astrologia considera que os eclipses nos empurram para mudanças e libertações.
As influências de um eclipse começam dias antes, com efeitos que duram semanas, até meses. Eclipses sempre marcam um ponto de virada. A melhor forma de se preparar pra este evento e é eliminar o que não queremos mais manter, criando espaço pra novos acontecimentos.

Segundo a astróloga Márcia Mattos, “a vigência de um Eclipse dura de 30 dias antes da ocorrência até o próximo Eclipse. Nunca devemos estar “por um fio”, assoberbados ou sem espaço de manobra nas proximidades de um eclipse. O que estiver sob muita pressão irá transbordar ou se romper. Todo eclipse decide algo.”

Portanto, em tempos de eclipse, é bom ficarmos atentos para observar os temas e situações que surgem. Não é bom acumular compromissos para o período. Devemos sempre ter alguma folga para podermos lidar com assuntos que podem emergir. Melhor reduzir os compromissos e cultivar mais reflexão e interiorização.

ECLIPSE SOLAR

Ocorre com a Lua nova. A Lua representa os condicionamentos emocionais trazidos do passado. O Sol representa a vontade consciente em direção ao futuro. Como a Lua entra na frente do Sol, o passado deve prevalecer. Assim, podemos observar a relação entre os padrões inconscientes do passado e seus efeitos na vida presente, pra que possamos eliminar o que não queremos que se mantenha.

a Lua passa na frente do Sol, é como se ela “eclipsasse” o futuro. Alguns temas que já tinham sido superados podem voltar. Certos assuntos, lembranças, situações e emoções do passado voltam para que sejam revistos. É importante perceber se cabem em nossa vida novamente ou é hora de mudar de hábitos, de direção, de relações, de postura, de atitude.

Há algo do passado que deva ser preservado, resgatado, mantido? Questões antigas ou pessoas que foram importantes para nossa vida podem ressurgir. Situações que antes pareciam banidas e resolvidas podem retornar. Rever e revisar pra ver se vale a pena manter ou descartar, esse é o lema.

Precisamos ficar atentos para não recairmos em hábitos, vícios e condicionamentos que nos custaram tanto a abandonar. Por outro lado, as experiências bem sucedidas e realizações que vingaram no passado, podem ser reaproveitadas.

Como o Sol é parcial ou totalmente ocultado, nossa vitalidade pode ser afetada. O Sol também representa a luz da consciência. Nossa clareza e capacidade de julgamento podem ficar prejudicadas.

Por mais que as emoções (Lua) obliquem a razão (Sol), há uma promessa de que muitas questões sejam assimiladas e curadas. Basta que estejamos com predisposição e abertura para tal. Muitos sentimentos podem ressurgir exacerbados e por isso mesmo, bem à vista para que sejam compreendidos.

Vale lembrar que a Lua nova é um período fértil, quando novas sementes e intenções tem mais chance de germinar. Portanto, é tempo de resolver velhas questões pra que possamos plantar as novas sementes.

ECLIPSE LUNAR

Ocorre com a Lua cheia. A Lua fica imersa na sombra da Terra, que se interpõe entre o Sol e a Lua. Este tipo de eclipse provoca um confronto entre passado e futuro, mas é o futuro (Sol) que deve prevalecer.

Período ideal para a busca de novas soluções e possibilidades com mais consciência. Como já disse, a Lua representa os condicionamentos e padrões emocionais. Quando fica eclipsada pelo Sol, os condicionamentos ficam menores. Temos uma chance para substituir hábitos, apegos e comportamentos já conhecidos por algo novo, para dar vez a novas direções.

Fica mais fácil nos libertarmos de padrões que nos prendem, que impedem nosso desenvolvimento e a busca de novas experiências. Ideias, oportunidades e pessoas podem surgir inesperadamente para despertar possibilidades e interesses que estavam adormecidos.

As Luas cheias, por natureza, trazem à tona emoções inconscientes. Muitas situações chegam ao clímax. Emoções latentes podem vir á tona para serem integradas, podemos nos libertar de erros e pesos de experiências anteriores. Com o eclipse, a luz da consciência solar nos ajuda a compreender, decifrar e integrar essas emoções para que possamos olhar pra frente, pro futuro, mais confiantes.

Esses sentimentos podem nos iluminar, trazer mais clareza e integração para o coração e a mente, bem como trazer à luz o que estava oculto ou inconsciente.
Pode ser um período de extrema clareza, entendimento e expansão da consciência (Sol), trazendo compreensão de algo importante nossas vidas.

É importante saber também que os efeitos das substâncias tóxicas, incluindo o álcool, açúcar, alimentos processados, etc., tendem a ficar exacerbados durante a Lua cheia. E as reações podem ser ainda mais fortes durante um eclipse.

COMO PODEMOS NOS PREPARAR:
– Cuidar da vitalidade e zelar pela saúde com boa alimentação, tratamentos preventivos.
– Cultivar o equilíbrio e a tranquilidade, sempre atentos para observar os padrões emocionais que surgem a fim de compreendê-los.
– Solucionar as questões pendentes, terminar o que for preciso. O que estiver inacabado é prioridade.
– Desistir de atitudes ou hábitos que não contribuem para o nosso bem estar.

Sugiro um ritual para os dias de eclipse: podemos escrever num papel o que não queremos mais pra nossas vidas, sobretudo em relação aos assuntos ligados ao chacra básico: finanças, padrões de sabotagem, ligações sexuais e amorosas, ressentimentos e mágoas com velhos parceiros… invocar mestres, guias, anjo da guarda ou o que preferir e queimar o papel. Num outro papel, podemos escrever o que queremos e merecemos daqui pra frente, do fundo do coração. É bom guardar o papel pra ler e reler de tempos em tempos.

PARA ESTUDANTES E CONHECEDORES DO ASSUNTO:
os eclipses evidenciam os temas dos signos onde ocorrem e sofrem influências dos planetas que fazem aspectos a ele. Um eclipse pode afetar mais ou menos cada um de nós, de acordo com a posição em que cai em nossos mapas individuais. Para quem conhece seu mapa astrológico, vale checar se o eclipse toca pontos importantes no mapa natal.

A astróloga Márcia Mattos diz: “Fique atento aos graus da ocorrência dos Eclipses. Eles ficam marcados e sensibilizados como uma cicatriz. Cada vez que Marte passar por este grau os efeitos do Eclipse são reativados mesmo depois de sua vigência. O trânsito de Saturno sobre o grau do Eclipse é outro fator que reaviva, e muitas vezes, concluem os efeitos deste fenômeno.”

Concluindo: todo eclipse marca um divisor de águas. São grandes oportunidade de limpeza em nossas vidas. O que temos criado no passado e o que queremos criar para o futuro? Somos cocriadores, em parceria com o Universo. A quantas anda a conexão com nossa missão, nosso Eu Superior, o propósito que foi criado por nossa própria alma?

Sejamos felizes!

Marcelo Dalla
Formado em Comunicação pela ECA – USP.
Estuda astrologia há 30 anos e atua profissionalmente como astrólogo no Brasil e em Portugal há 10 anos.
Especializado em Astrologia Cármica, Terapeuta Florais de Bach e Xamanismo. Artista gráfico e criador de mandalas.
Publicou em Portugal os livros MANDALAS MÁGICAS e MANDALAS SIGNOS DO ZODÍACO, ambos pela editora Verso de Kapa.
Mantém uma coluna diária de astrologia no portal ASTROCLICK e coluna semanal no site
www.marcelodalla.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA