Os três Reis Magos aparecem como sábios vindos do Oriente e guiados por uma estrela até ao local do nascimento do Menino Jesus, Rei dos Judeus, o Messias. Dos magos pouco se sabe, quem eram, de onde vinham, quantos eram. Da estrela muito se especula…. O que importa mesmo é o seu simbolismo.

“Magia antigamente chamada de Grande Ciência Sagrada pelos Magos, é uma forma de ocultismo que estuda os segredos da natureza e a sua relação com o homem, criando assim um conjunto de teorias e práticas que visam ao desenvolvimento integral das faculdades internas espirituais e ocultas do Homem, até que este tenha o domínio total sobre si mesmo e sobre a natureza.

A magia tem características ritualísticas e cerimoniais que visam entrar em contacto com os aspectos ocultos do Universo e da Divindade. A etimologia da palavra Magia, provém da Língua Persa, magus ou magi, que significa sábio. Da palavra “magi” também surgiram outras tais como “magister”, “magista”, “magistério”, “magistral”, “magno”, etc.” – In Wikipédia.

É no Evangelho de S. Mateus que encontramos a única referência à existência dos Reis Magos. E, só no séc. VII é que lhe foram atribuídos nomes: Gaspar (“aquele que vai inspeccionar), Baltazar (“Deus manifesta o Rei”) e Belchior/Melchior/Melquior (“meu Rei é luz”). No séc. XV é associada uma raça a cada um dos Reis Magos, de modo a representar toda a raça humana que se conhecia na época.

Na antiguidade, era costume oferecer-se ouro a um Rei, incenso a um Sacerdote e mirra a um Profeta. Por isso Belchior, de raça branca, ofereceu ouro reconhecendo-lhe realeza; Gaspar, representando a raça amarela, ofereceu-lhe incenso atribuindo-lhe divindade e, Baltazar, de raça negra, ofereceu mirra que representava a imortalidade.

Os Reis Magos são símbolos importantes das tradições natalícias. Guiados por uma estrela brilhante e ainda hoje misteriosa, chegaram a Jesus.

Os astrónomos ainda discutem sobre o que era a Estrela de Belém – Uma supernova? O cometa Haley? uma conjunção tríplice entre Júpiter e Saturno em Peixes? Ou ainda, uma série de sete conjunções, incluindo três entre Júpiter e Regulus e uma muito próxima entre Júpiter e Vênus perto de Regulus? A Estrela de Belém pode ter sido também um alinhamento entre Júpiter, Saturno e Marte em Peixes. Fosse o que fosse, o importante é que os três sábios compreenderam que ela era um sinal divino, inaugurando uma nova era, a era de Peixes.

Os Reis eram na verdade homens sábios, provavelmente astrólogos e, por isso, o dia 6 de Janeiro é dia de Reis e dia do Astrólogo. Para muitos, nós astrólogos, somos ou começamos a ser “Magos que estudam os segredos da natureza e a sua relação com o homem”. Para outros, somos “magos” cheios de truques. A verdadeira Magia está no nosso desenvolvimento integral enquanto seres, e está hoje em dia ao alcance de todos.

Todos somos Magos, todos temos uma estrela interna que nos guia … alguns ainda não sabem que são.

Vera Braz Mendes
Astróloga portuguesa, NLP, Time Line Therapy and NLP Coaching Trainer na empresa Emotional Business Academy. Email: verabrazmendes@gmail.com

 

 

 

 

 

Ilustração: The Three Wise Men by shellz-art

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA