Na história da humanidade, muitas revoltas sociais e revoluções, baseadas na busca de justiça e igualdade, provocaram reformas sociais profundas e positivas, mesmo com o perda de vidas humanas. É contraditório, mas em muitos momentos do nosso processo civilizatório, foram um mal necessário, pois não havia outra saída para a sociedade properar.

O musical Les Misérables conta uma história fascinante de sonhos, amor, paixão, sacrifício, revolução e redenção, na França do século XIX, e se tornou um testemunho sobre a sobrevivência do espírito humano. O espetáculo, escrito pelos franceses Alain Boublil e Claude-Michel Schönberg, com base no romance de Victor Hugo e completa 37 anos de sucesso ininterrupto.

Quando estreou pela primeira vez no Brasil, há 15 anos, Les Misérables inaugurou o então Teatro Abril e iniciou a febre de musicais no país. O público percebeu que não precisavam ir até Nova York ou Londres para assistir a um grande musical e os produtores que poderiam apresentar espetáculos com qualidade internacional.

O musical narra a história de Jean Valjean, um camponês em busca de redenção depois de cumprir dezenove anos de prisão por ter roubado um pedaço de pão para sua irmã. Mas ele é implacavelmente perseguido por um inspetor de polícia chamado Javert. No final, os dois e uma grande quantidade de personagens caminham para um período revolucionário na França.

Apresentada pelo Ministério da Cultura, a produção brasileira, em cartaz no Teatro Renault até o dia 30 de julho, tem letras em português. Como intérpretes dos personagens principais estão os atores Daniel Diges (Jean Valjean), Nando Pradho (Javert), Kacau Gomes (Fantine), Clara Verdier (Cosette), Laura Lobo (Eponine), Filipe Bragança (Marius); Pedro Caetano (Enjolras), Ivan Parente (Thenardier) e Andrezza Massei (Madame Thenardier).

Entre as canções clássicas da trilha sonora, vencedora do Tony Awards, o público vai ver e ouvir “I Dreamed a Dream”, “On My Own”, “Stars”, “Bring Him Home”, “Do You Hear The People Sing?”, “One Day More”, “Empty Chairs at Empty Tables”, “Masters of the House”.

Les Misérables:
Em cartaz até dia 30 de julho.
Quintas e Sextas, às 21h
Sábados, às 16h e 21h
Domingos, às 15h e 20h

Teatro Renault
Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411,
Telefone (11) 2846-6060
Os valores do ingressos variam de R$ 25,00 a R$ 330,00.
Vendas: http://bit.ly/2mtWq4S

Ronaldo Cooper
Nasceu em Porto Alegre, é jornalista, roteirista, fotógrafo e editor do blog VisualZine
visualzine.blogspot.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA