Olá, amigos!

Compartilho um conhecimento básico na Astrologia. Além dos quatro elementos (fogo, terra, ar e água), os signos também podem ser classificados em três categorias, chamadas “triplicidades”: signos Cardinais, Fixos e Mutáveis.

São modalidades, cada triplicidade é composta por 4 signos de diferentes elementos. O estudo dos quatro elementos e das triplicidades é o início de uma jornada destinada à compreensão mais profunda de cada signo, na interação entre eles e como isso afeta nossa personalidade.

Basicamente, os signos CARDINAIS são os que estão no início de cada estação. Os FIXOS são os que se encontram no meio da estação e os MUTÁVEIS quando uma estação vai mudar para outra. No nosso mapa astrológico, os elementos e as triplicidades podem estar mais ou menos balanceados. Pode haver excesso ou carência de um deles.

Vejam a tabela abaixo:

CARDINAL – Áries, Câncer, Libra, Capricórnio
FIXO – Touro, Leão, Escorpião, Aquário
MUTÁVEL – Gêmeos, Virgem, Sagitário, Peixes

Vamos compreender como essas energias se manifestam caso haja há excesso ou carência de cada uma:

CARDINAL
Os signos cardinais iniciam estações (primavera, verão, outono, inverno). Portanto, trazem uma energia iniciadora, ativa. São signos bons para dar início às coisas, tomar decisões, agir para superar obstáculos, superar desafios.

Áries traz a iniciativa voltada para conquistas pessoais.
Câncer volta a energia das iniciativas para a família e as emoções.
Libra toma iniciativas nos relacionamentos, parceiras, na forma de lidar com o outro.
Capricórnio direciona suas iniciativas para empreendimentos, carreira e profissão.

Se há excesso de planetas em signos cardinais no mapa, o nativo conta com dinamismo, mas pode iniciar projetos intensamente e depois perder o interesse. Pode também entrar em conflito quando não encontra abertura. Se há falta de planetas em signos cardinais pode haver falta de energia para tomar iniciativas, criar e começar projetos.

FIXA
Esta é uma energia de continuidade, encontrada nos signos que estão no meio das estações. São as qualidades de manutenção, conservação, resistência. Pessoas com predominância de signos fixos têm mais paciência, esperam e enfrentam obstáculos com determinação.

Touro direciona essa energia para a conquista de segurança material e estabilidade.
Leão direciona para a expressão da sua individualidade personalidade e autoconfiança.
Escorpião volta a energia fixa para os sentimentos, as emoções e as sensações.
Aquário direciona para as ideias, os ideias coletivos.

Caso haja excesso de planetas em signos fixos, o nativo conta com firmeza, mas pode persistir com teimosia em padrões ou situações indesejáveis. Se há falta de planetas em signos cardinais pode acontecer o contrário: dificuldade em dar continuidade e concluir projetos, dificuldade de estabilização.

MUTÁVEL
Essa energia é encontrada em signos que estão na transição das estação, que trazem qualidades relativas à mudança, adaptabilidade, flexibilidade, renovação. Pessoas mutáveis transitam em todas as direções, buscam renovar suas ideias, adaptar ou renovar o que já conhece. Ao invés de resistir ou enfrentar um obstáculo, preferem contorná-lo.

Gêmeos apresenta mudanças constante na mente, nas ideias, crenças e ideais.
Virgem renova técnicas, buscam sempre aperfeiçoar o trabalho, produto ou serviço.
Sagitário buscam sempre algo maior e melhor, novas aventuras, aprendizados e metas.
Peixes direciona a energia mutável para as intuições, sensações e sentimentos.

Caso haja excesso de planetas em signos mutáveis no mapa, o nativo conta com fluidez e flexibilidade para descobertas, mas pode apresentar inquietação, hesitação ou dificuldade para se impor. Se há falta de planetas em signos mutáveis o nativo pode se fechar para novos aprendizados, para novas ideias e mudanças.

Marcelo Dalla
Formado em Comunicação pela ECA – USP.
Estuda astrologia há 30 anos e atua profissionalmente como astrólogo no Brasil e em Portugal há 10 anos.
Especializado em Astrologia Cármica, Terapeuta Florais de Bach e Xamanismo. Artista gráfico e criador de mandalas.
Publicou em Portugal os livros MANDALAS MÁGICAS e MANDALAS SIGNOS DO ZODÍACO, ambos pela editora Verso de Kapa.
Mantém uma coluna diária de astrologia no portal ASTROCLICK e coluna semanal no site
www.marcelodalla.com

COMPARTILHAR